domingo, 6 de setembro de 2009

Aniversário do Muro

Fez ontem, 05 de Setembro, um ano que este blogue começou a sua existência.
Como qualquer bebé de um ano já sabe gatinhar e diz algumas palavras.

Regra geral não gosto muito de celebrar aniversários. Não por qualquer motivo em particular, apenas fico nostálgico nessas datas mas neste caso tal não aconteceu.
Poderá para isso ter contribuído o facto de ontem ter pensado que a data do meu primeiro post seria só daqui a alguns dias? Talvez, não sei. No entanto gostaria de assinalar que inconscientemente escolhi um dia festivo para fazer as alterações ao aspecto do Muro, dessa forma ficando ligadas a algo que melhor lhe suportará a memória.

Não por ser da praxe mas porque desejo, gostaria de agradecer ao meus leitores.
Não são muitos, eu sei, mas sem falsas ideologias prefiro ter poucos e genuínos, que coloquem comentários verdadeiros, interessantes e construtivos em vez de muita gente aqui vir colocar opiniões de circunstância, apenas para mostrar que comentam um blogue conhecido e com isso, quem sabe, conseguir mais algum leitor para a sua própria publicação.
Quando dei vida, a minha vida, a este espaço foi por necessidade interior e não por procura de protagonismo vaidoso. Quando publico é porque há algo em mim que me impele a isso. Mas é evidente que gosto de saber que alguém lê as minhas palavras e nesse sentido também um pouco por todos, eu, a necessidade da vossa opinião e por vós, neste blogosférica santa trindade, este espaço existe.
A vocês, por tudo isso, muito obrigado.

Bem hajam.

7 comentários:

Daniel Silva (Lobinho) disse...

OLá Andre! Obrigado pelo teu premio (ja o fiz la no meu canto) mas mais do que te dar PARABÉNS pelo primeiro ano de existencia do teu blog, é dizer isto:

ohhh, que mimo, que fofinho... um texto lindissimo, como uma criança a sorrir um rebuçado, um adolescente a avisar para os amigos e os interesseiros, e um adulto pela pessoa que certamente és. Desculpa-me mas mais do que dar-te os parabens, este teu texto é tao simpatico e tao hu,manamente bonito... Muito fofinho... :)

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Nota: mais do que nunca, oferecer-te "pessoalmente" o prémio sair das palavras que se encontra la na barra lateral direita do meu canto, impõe-se. É todo teu. E merece-lo.

Enormíssimo abraço

sonhos/pesadelos disse...

PARABÉNS!!!!!! ai que já nem me lembro da data dos meus... e se cá venho é pelo teu "eu",pelo que escreves,protagonismos de fora. Até estive para te cortar a cauda com um cutelo pelo tempo que andaste desaparecido, mas safaste-te que de má só tenho o feitio ruim...eh eh
continua a escrever xim? senão...truz!
bjs endiabrados

e parabéns pelo espaço,alimenta-o...

António Rosa disse...

Parabéns pelo 1º aniversário do blogue.

Socrates daSilva disse...

Um ano? O tempo voa…

Gosto de vir aqui e ler-te pelas razões que mencionas no texto, embora recorde que foste tu que me "descobriste" e por curiosidade cá cheguei...

Entendo essa “necessidade interior” que falas, e existindo estas novas formas do comunicação, é muito bom usá-las para esse fim. Escrever num diário ou apenas fazer desfilar palavras no nosso pensamento, por vezes parece pouco. Por vezes parece muito triste. Pelo menos sinto isso.

Deixo assim, junto com uma palavra de elogio por este um ano de caminho, um incentivo para que continues a escrever aqui, quando quiseres e puderes, mas com os princípios que te caracterizam.
Grande abraço!

André Couto disse...

Daniel,
obrigado pelo elogio, pelo prémio e pelas simpáticas palavras.
Quanto ao que te foi por mim dado é mais do que merecido também.
Abraço.

Sonhos,
fico feliz por continuar com cauda. Faz-me muita falta ao equilíbrio!
Também fico feliz por continuares a trazer aqui o teu mau feitio adorável. ;)
Obrigado e beijinho.

Ao Sr. António Rosa,
obrigado e volte sempre que entender.

Caríssimo Sócrates,
muito obrigado pelas gentis palavras que dedicas.
Em boa hora descobri o teu blogue que na pessoa do seu autor é uma mais valia quase única nesta blogosférica realidade.
Só desejo que daqui a um ano cá estejamos os dois. Aqui no meu Muro afianço-te que me manterei fiel aos princípios que regem o blogue pois.. São os meus e não há como fugir por muito tempo aquilo que somos.
Daí que me alegre muito ter a presença e reconhecimento de alguém como tu.
Muito obrigado.
Um grande e sentido abraço.

Como diz a publicidade:
- Se eu conseguia viver sem vocês?
Sim claro. Mas não seria a mesma coisa.
Bem hajam.

L!NGU@$ disse...

Gostei do teu texto de 1º aniversário. Como te entendo.

Parabéns!