quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Amanhã



Amanhã neste espaço colocarei algo magnífico. Hoje não.
Amanhã versarei sobre incontornáveis e profundas questões que a todos farão reflectir de modo incomparável. Não hoje.

Amanhã será o dia de colocar algo no blogue que valha a pena aqui voltar. Hoje nem por isso.
Podem ir e vilipendiar a modorra que me envolve desde segunda-feira que não vos censurarei. Pelo menos hoje...

Amanhã respirarei, pensarei e viverei. Hoje encontro-me suspenso da existência.
Não estou aqui. Desliguei os sentidos e vegeto em piloto automático.

No meu cérebro encontra-se um aviso daqueles que se podem encontrar nas lojas das esquinas da nossa terra onde a D. Augusta avisa não estar, mas em breve voltar.

Amanhã voltarei. A mim.

Nil novi sub sole.

Bem hajam.

8 comentários:

Daniel Silva (Lobinho) disse...

... E, todavia, é hoje que gosto de ti, porque é quando estamos anímicos que somos ainda mais nós, e da fragilidade desperta ainda mais o ser.

Amanhã... amanhã será para os elogios, a imprensa, as fotos. Mas hoje, hoje é o silêncio do abraço...

magna disse...

oie você já voltou?estava com saudades meus Deus não confie no piloto automático ele pode não funcionar...bom de qualquer forma não espero pelo sublime. apenas digo que o sublime você já escreveu.
Parabéns

Socrates daSilva disse...

Costuma o povo dizer que "não deixes para amanhã o que podes fazer hoje". Mas, o povo engana-se tanto...
:-)

Abraço

Blondewithaphd disse...

Ó man, só esta foto já é uma coisa magnífica!!!!!!!

lia disse...

Hoje a força anímica permite-me apenas contornar outras formas de vida e deixá-las ficar no seu espaço, humildemente compreendendo que nada sou de consistente que valha a pena seguir em linha reta. Amanhã... talvez a força me embale para fazer retornar a alma e alguém me sinta grandiosa e inspirada... E a esperança no "amanhã" basta para a manutenção do dia de hoje.

Márcio Kindermann disse...

É quando estamos of, que nos deparamos com nosso verdadeiro eu!
Gostei daqui, voltarei.
abç

sonhos/pesadelos disse...

ontem, hoje e amanhã, terei sempre os mesmos motivos para voltar aqui...
bjs endiabrados no teu ser

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Sarava!

A minha avó sempre me disse "não deixes para amanha o que podes fazer hoje"...

mas vale o que vale!


beijocas