sábado, 6 de junho de 2009

Aparecer dois meses depois não dá direito a título...

Olá a todos.

Parecia que ainda há pouco cá tinha escrito qualquer coisa e só quando cá vim notei que dois meses passaram.

Em todo este tempo que decorreu não senti nunca a vontade de actualizar 0 blogue e vocês que já me vão conhecendo sabem que não faço fretes a ninguém. ( já pareço o Marinho Pinto. Não posso dizer que adore o senhor bastonário mas confesso que foi absolutamente delicioso poder ver a Manuela Moura Guedes ter de fechar a sua boca (lol) e engolir em seco)

Por várias vezes pensei em terminar o blogue mas nunca fui capaz. Senti saudades do que perderia se o fizesse e sabia que algum dia voltaria a vontade de partilhar algo connvosco.

É estranho como ganhamos ligações emocionais com pessoas que nunca vimos. Não sei muito sobre cada um de vós que me lê, no entanto sinto uma gratidão e um carinho por tê-los desse lado que por vezes não consigo conter.

GOSTO DE VOCÊS, PRONTO!

Nada na minha inconstante existência interior mudou e continuo o mesmo incompleto ser de sempre.

Nestes dois meses ocupei o meu tempo com coisas banais e que envolveram pouca actividade cerebral. Os momentos de alguma (e mesmo assim pouca) elevação de espírito resumiram-se aos livros que fui lendo.

Mesmo no campo da leitura não foi uma tarefa fácil. Vários foram os livros começados, mas poucos os terminados.


Amanhã são as eleições para o parlamento europeu e hoje está a chover.
Destas duas saliento a chuva...

Neste preciso instante sinto que passarei a vir cá com mais regularidade mas não o prometo...
Não controlo a minha vontade e já desisti de a dominar.
Passei a voar a favor do vento em vez de lutar contra ele.

Desejo muito sentidamente que tenha vontade e inspiração para voltar nos próximos dias.

A todos vós um sentido beijo e um apertado abraço.
Bem hajam.

5 comentários:

Daniel Silva (Lobinho) disse...

obrigado por voltares :)

abraço grande

sonhos/pesadelos disse...

eu sabia que mais mês menos mês voltarias ao blog, eh eh
sÊ bem vindo!
bjs endiabrados

alma tua... disse...

calhei a vir ao seu blog logo quando retorna...vou aguardar os proximos posts!
um bj

André Couto disse...

Obrigado a vocês por continuarem aqui!!

Socrates daSilva disse...

Não podia deixar de te dizer algo quando li este post, mas não o pude fazer na altura.

Tens um blogue sentido e, dentro do que é possível saber, muito genuíno.
Isso implica não seres certinho e regular na produção de posts. A nosso vida é assim! Por vezes falamos pelos cotovelos, por vezes estamos num silêncio vital. Gosto que não produzas textos como quem "enche chouriços". Gosto de vir aqui e sentir que escreveste o que te apeteceu, quando te apeteceu.


Um grande abraço!