segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

O regresso...


"Sofremos muito com o pouco que nos falta e gozamos pouco o muito que temos"


William Shakespeare


Meus fiéis e queridos leitores,


gostaria de agradecer a vossa persistência nas visitas ao meu blogue quando a periodicidade das minhas publicações tem sido inexistente. Fico-vos sinceramente grato e reconhecido.

Atravessei uma fase de alheamento pessoal em que vir cá colocar qualquer coisita que valesse a pena ser lida teria sido um sacrifício e teria-o feito por obrigação e não por vontade. Todos os que me lêm merecem o melhor de mim. Foi, pois, no meu entender preferível nada escrever do que cá "chapar" qualquer coisa para que se entretivessem e comentassem.

Foi por necessidade pessoal de me afastar que cá não vim, não tenhamos a mais microscópica dúvida. No entanto penso ter sido incomensuravelmente mais honesto da minha parte ter-vos obrigado a visitarem-me em vão do que estar aqui sem o querer.

Retemperei o espírito e a vontade de gritar o que na minha alma pulula.

Muito obrigado por estarem desse lado. Mesmo.

Por cá irei estar também.

Até já!!!!

2 comentários:

Daniel Silva disse...

Nao te seguia porque sou novato nisto mas fico feliz por teres retemperado energias e estares fresco, de novo :)

E também penso que quando nao sentimos as coisas, nao devemos "chapar" nada so por chapar. Devemos respeitar os nossos silencios. Fizeste muitissimo bem.

Ab

sonhos/pesadelos disse...

sê bem vindo de novo André!!! ainda bem que voltaste, a saudade já apertava.
bjs endiabrados