sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Quando estou só reconheço





"Quando estou só reconheço
Se por momentos me esqueço
Que existo entre outros que são
Como eu sós, salvo que estão
Alheados desde o começo.


E se sinto quanto estou
Verdadeiramente só,
Sinto-me livre mas triste.
Vou livre para onde vou,
Mas onde vou nada existe.

Creio contudo que a vida
Devidamente entendida
É toda assim, toda assim.
Por isso passo por mim
Como por cousa esquecida."

(Fernando Pessoa)

2 comentários:

Tiago R Cardoso disse...

"Vou livre para onde vou,
Mas onde vou nada existe."

excelente.

joshua disse...

Serei pessoano até morrer. Mesmo para me rir dele apenas porque já sofri com ele.

PALAVROSSAVRVS REX