sábado, 11 de outubro de 2008

Perfeitamente escusado


"Tudo evolui;
não há realidades eternas:
tal como não há verdades absolutas"
(Friedrich Nietzsche)
Caso tivesse conhecido o beneditino Ratzinger teria Nietzsche dito o mesmo?
Não consideram chocante a orientação da Igreja Católica, através do seu máximo representante, sobre o uso do preservativo?
Não consigo, provavelmente por deficiência cognitiva, encontar justificativo para esta tomada de posição.
Não estaremos já num tempo em que não se deveriam dizer coisas destas?
Sou da opinião de que mesmo sentindo o Catolicismo dificuldade em mostrar abertura ao uso do preservativo, poderia muito simplesmente, como em tantas outras matérias, remeter-se ao silêncio. No presumível interesse de procurar o melhor para os seus fiéis não teria esse silêncio sido a opção (muito) menos má?
No fundo acaba tudo por não ter consequências. Não quero acreditar que algum católico deixe de usar o preservativo e coloque a sua saúde em risco só porque o Papa quer...

4 comentários:

BªCaroline disse...

Hum, interessante...

Mto obrigada pela visita.
Haha, mas tem q ter o suspense mesmo.

Logo mais escreverei o final!


Bjs

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Sarava!

A igreja é feita pelo Homem.
O homem erra.


;)


mas sim... é lamentável a postura da igreja católica nessas matérias!


beijinhos

Tiago R Cardoso disse...

até Ferreira Leite disse que era só par procriação, é só gente com mente "aberta".

Carol disse...

Acredita que há quem o faça...