domingo, 14 de setembro de 2008

Fundação Respublica

O Partido Socialista pretende criar grupo de trabalho com o fim de adaptar a sua agenda política de forma a convencer novo eleitorado, tanto do interior do partido, como do exterior.
O ex-ministro Vera Jardim considera que "O grande debate de esquerda hoje é como manter um Estado social com as novas condições da globalização" e ainda que o PS " precisa fazer essa reflexão interna".
Pois...
Só me faz espécie o seguinte: Não era suposto o PS, na qualidade de partido de esquerda, ter essas ideias sempre (e de génese!) bem presentes? Não seria de esperar que as tivesse posto já em prática ao longo dos três anos que leva neste Governo? Não me digam que o Sr. Engº. Sócrates não esteve atento à "cadeira" de políticas sociais? Só neste momento reparou que as pessoas estavam à espera que um Governos Socialista tivesse uma política de esquerda de cariz social? Deve de facto ter sido uma grande surpresa... Quem diria!
"E o burro sou eu???"
Ou será que são os votos oriundos desse quadrante ideológico que precisa para nova maioria absoluta?
E mesmo com esses, será que lá chega?
Pois...
Já agora refiro que Manuel Alegre, reconhecido por ser um político de esquerda que ainda se lembra o que isso significa, não foi convidado para integrar o grupo de oitenta fundadores da Respublica.
"E o ruim, sou eu???"

Sem comentários: